O Sentido da Vida e da Morte para Platão

Presencial
27 de janeiro de 2016 - 20:00
Sede: Rio Grande do Sul - Porto Alegre

Inscrições Encerradas

A morte é uma das temáticas de maior preocupação filosófica dos homens de todos os tempos e civilizações. Aprender a lidar com a morte significa aceitar a única certeza do ser humano, enfrentando o apego à vida e lançando-se aos domínios do desconhecido. O filósofo francês Michel de Montaigne (1533-1592) escreveu em seus ensaios sobre como é preciso aprender a morrer para saber viver. Já para Epicuro (341 a.C.-270 a.C.), que dizia que “A morte nada significa para nós”, o ser humano é uma entidade coesa, formada por um conjunto de átomos em movimento, sendo o fim da vida, portanto, um processo tão inevitável quanto natural. E Platão? O que este filósofo da Grécia Antiga tem a nos dizer sobre a morte? Participe da palestra O Sentido da Vida e da Morte para Platão e descubra um pouco mais sobre as ideias Platônicas que podem nos auxiliar, ainda hoje, a enfrentar esta inevitável e misteriosa condição humana.

Ingresso: Entrada franca
Informações e inscrições: 3023-4433 e 9107-0391
Horário de atendimento: de segunda a sexta, das 13 às 22h e, aos sábados, das 9h30min às 18h
[email protected]