Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

Reinvenção – Cecília Meireles

Nova Acrópole / Poemas e Contos / Reinvenção – Cecília Meireles
Categoria:
Reinvenção – Cecília Meireles

A vida só é possível
reinventada.

Anda o sol pelas campinas
e passeia a mão dourada
pelas águas, pelas folhas…
Ah! tudo bolhas
que vem de fundas piscinas
de ilusionismo… — mais nada.

Mas a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.

Vem a lua, vem, retira
as algemas dos meus braços.
Projeto-me por espaços
cheios da tua Figura.
Tudo mentira! Mentira
da lua, na noite escura.

Não te encontro, não te alcanço…
Só — no tempo equilibrada,
desprendo-me do balanço
que além do tempo me leva.
Só — na treva,
fico: recebida e dada.

Porque a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.

 

 

Cecília Meireles


Nota Biográfica

Cecília Meireles foi uma escritora, jornalista, professora e pintora que nasceu em 07 de novembro de 1901, no Rio de Janeiro. Demonstrou a sua aptidão para a literatura desde criança, começando a escrever aos 9 anos de idade e publicou seu primeiro livro, "Espectros", aos 18 anos. O seu estilo literário apresenta traços muito simbólicos, reflexões sobre o tempo, espiritualidade e elementos fluidos como o vento, a água, o mar, a música e o espaço.

 




Se alguma das imagens usadas neste artigo violar direitos autorais, favor entrar em contato conosco.