Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

João do Meio

João do Meio

João do Meio

Vou lhes contar um conto daqueles marcantes. Que só a intuição nos permite criar. E não se assuste de pronto, se no meio do conto, uma força de dentro te fizer lembrar. Que tens alma de arcanjo. Forjada no arranjo de estelares rondas a te lapidar. Vou lhes contar um conto daqueles marcantes. Que só a intuição nos permite sonhar. E verás que acertei em cheio, quando sentires em ti os mesmos anseios do jovem, João do meio, nosso personagem singular. E antes que vocês me tomem de, por demais, convencido. Encerro a poesia aqui e ao conto lhes convido....