Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

Autor: Delia Steinberg Guzmán

Nova Acrópole / Delia Steinberg Guzmán
Post

O MUNDO TEM FOME

O estado de carência absoluta para muitos seres humanos é um dos maiores males do nosso mundo. Porém, existem outros tipos de carências mais sutis, que não aparecem nas estatísticas, mas que vão minando aqueles que as sofrem. Os meios de comunicação nos acostumaram às mais macabras imagens, que refletem o estado de carência absoluta...

26 de fevereiro de 201518 de fevereiro de 2019 - Artigos
Post

A doença do medo

O medo é uma terrível garra que se fecha sobre os pensamentos, os sentimentos e a vontade, tirando do ser humano toda possibilidade de ação inteligente. Várias vezes já dissemos, e não será demais repetir: o homem está doente de medo e as conseqüências dessa enfermidade se manifestam em novas e piores doenças que aparecem...

26 de julho de 201118 de fevereiro de 2019 - Artigos
Post

Nas nuvens…

Depois de vários dias fora do país, e quase sem oportunidade de receber notícias atualizadas, finalmente regresso num avião, em meio a grossas nuvens, com uma imensa franja luminosa por cima delas. Estou nas nuvens… tal como se interpreta essa expressão, encontro-me um tanto fora da realidade cotidiana, ou no lugar onde eu gostaria de...

26 de julho de 201118 de fevereiro de 2019 - Artigos
Post

Sobre a vida e a morte

Como estamos acostumados a conceitos estanques e excludentes, os de vida e morte constituem-se em motivo de preocupação com suas causas específicas. Em princípio, a morte produz mais repulsão e medo, já que entra em planos desconhecidos para nós, e muitas vezes a consideramos como um infinito vazio, um nada sem conteúdo. Dessa maneira e...

25 de julho de 201118 de fevereiro de 2019 - Artigos
Post

Quando o gênio se faz homem

Mozart nasceu em Salzburgo em 1756. Foi o último de uma família de sete crianças. Seu pai era músico e compositor, desde cedo notou o talento de Wolfgang e não perdeu tempo ao dar-lhe as primeiras aulas de cravo aos quatro anos. Aos seis anos de idade, já compunha. Toda a sua infância pode ser...

25 de julho de 201118 de fevereiro de 2019 - Artigos
Post

Os direitos humanos

Não foi porque celebraram o 57º aniversário em dezembro passado que se enfraqueceram os ecos dos direitos humanos e sua decidida importância para o desenvolvimento da convivência. Mas, uma vez mais, devemos enfrentar as incoerências da vida diária. Quanto mais se tenta focar os direitos – e os deveres – que todos temos, parecem surgir...

25 de julho de 201118 de fevereiro de 2019 - Artigos
Post

A dor

Por que os homens sofrem? Por que existe a dor? Há uma pergunta que, silenciosamente ou em voz alta, costumamos nos formular várias vezes por dia, muitas, demasiadas vezes na vida. Por que os homens sofrem? Por que existe a dor? Esta pergunta assinala uma realidade, da qual nos é impossível escapar. Todos sofrem; por...

25 de julho de 201118 de fevereiro de 2019 - Artigos
Post

Nós e a Vida – Qualidade de vida

Como conseqüência lógica das exigências de nossa civilização tecnológica, fundamentada na qualidade e rendimento de seus produtos, voltaram-se os olhos, finalmente, ao ser humano, o fator principal de qualquer modelo civilizatório, tecnológico ou não. Com o passar dos anos chegou-se à conclusão de que a qualidade objetiva da produção material é tão melhor quanto melhor...

25 de julho de 201118 de fevereiro de 2019 - Artigos