Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

As jóias de 75.000 anos atrás

Nova Acrópole / Artigos / As jóias de 75.000 anos atrás
Categoria:

As contas de colar mais antigas encontradas até agora tinham 45.000 anos e eram da África. Investigadores da Universidade da Noruega descobriram jóias ainda mais antigas no continente africano. A descoberta se compõe de conchas em grupos de até 17 que provêm de um pequeno molusco de carniça conhecido como Nassarius kraussianus, que vive nos estuários. Foram encontradas na caverna de Blombos, na ponta do sul da África, e parecem ter 75.000 anos. Certamente as contas foram levadas às cavernas, já que os rios mais próximos estão a uns 20 quilômetros do lugar.

C. Henshilwood e sua equipe disseram à revista Science que a descoberta é o primeiro exemplo de que nossos antepassados também tiveram pensamento abstrato: “As contas têm uma mensagem simbólica. O simbolismo é a base de tudo o que vem depois, incluindo a arte rupestre, os adornos pessoais e outros tipos de comportamento mais sofisticados. Até no mundo de hoje, quando se fala de computadores, trata-se de ordenar informação fora do cérebro e a evidência da caverna de Blombos é que os humanos usavam a simbologia há 75.000 anos”.