Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

Cantemos unidos

Nova Acrópole / Artigos / Cantemos unidos
Categoria:

O coro ou canto em grupo é uma forma maravilhosa de se fazer música, pois permite desafinar, desentoar ou inclusive não cantar, e ninguém percebe. Além do mais cantar é muito bom para conhecer novas pessoas. Há muitos cantores que se casaram com alguém que cantava no mesmo coral. E, em países árabes, há cantores que se casaram… com o coral.

Exercícios para cantar em coral:

Coloque-se de pé nas escadas, de forma que possa olhar para frente e ver com clareza o público e, sobretudo, garanta que todos seus convidados vejam você. Certifique-se quais são os que estão presentes na platéia. Não cumprimente seus parentes.

Aquela pessoa que está na frente do coral e move os braços é o maestro ou regente. Tampouco o cumprimente. Abra bem a boca. Não emita som, é suficiente que o público acredite que você canta. Nas passagens fortes franza a testa, como fazem o regente e seus companheiros. Quando perceber que seus companheiros estão quietos, feche a boca.

Se as mandíbulas estiverem cansadas porque a boca está aberta muito tempo, descanse. Para isso, aja como se tivesse olhando a partitura na espera de uma nova entrada. Mova um pouco a cabeça como quando lê. Aproveite o momento para olhar de soslaio a soprano que canta a poucos metros de você ou o barítono loiro e forte de olhos sonhadores. Isso sim é da sua conta!

Sorria ao terminar, como se tivesse cantado e não se preocupe, pois as estatísticas revelam que, inclusive nos melhores corais, somente 67% dos participantes do coral cantam. Se todos cantassem seria um barulho desagradável.