Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

XIV Semana da Filosofia – Leonardo da Vinci: 500 anos de um legado extraordinário

XIV Semana da Filosofia – Leonardo da Vinci: 500 anos de um legado extraordinário

Criciúma

Categoria:

No dia 19 de novembro, terça-feira, às 20h, a Nova Acrópole de Criciúma, em comemoração à XIV Semana da Filosofia realizou a palestra “Leonardo da Vinci e o Simbolismo Filosófico da Última Ceia”, com a professora Jordana Steiner.

Os visitantes foram apresentados ao simbolismo filosófico presente na famosíssima pintura de Da Vinci, A Última Ceia, que representa a passagem bíblica de Jesus ceando com seus discípulos momentos antes de ser traído por Judas.

Na pintura, Leonardo demonstra toda sua genialidade, não só como pintor, mas também como profundo conhecedor do ser humano, das proporções áureas, da geometria, da matemática e da astrologia.

Conforme vários estudos realizados (um deles presente na obra Luz e Sombra de Emma Costet de Mascheville) percebe-se que na referida obra davinciana existem inúmeras referências geométricas e astrológicas profundas, representadas tanto nos personagens como nos demais elementos estáticos do ambiente desenhado na pintura.

Para citar alguns exemplos:
> O centro das diagonais da obra é o coração de Jesus Cristo;
> O olho direito de Jesus está no centro de uma circunferência criada pela parte abaloada da janela atrás dele;
> Cada discípulo de Jesus representa um dos doze signos zodiacais, possuindo em suas feições e gestos características próprias da personalidade de cada um.

Esta palestra serviu, então, para mostrar a profundidade dos conhecimentos de Da Vinci, demonstrando que o mesmo não era apenas um pintor excelente, mas sim um conhecedor profundo de inúmeras ciências e artes. Sem dúvida um legítimo buscador da sabedoria… ou um filósofo, como diriam os clássicos.

Tags: Exposição | Semana da Filosofia