Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

Dia Internacional da Dança foi comemorado com palestra e oficina

Dia Internacional da Dança foi comemorado com palestra e oficina

Divinópolis

Categoria:

Em 1º de maio de 2021, a sede Divinópolis da Organização Internacional Nova Acrópole homenageou o Dia Internacional da Dança, que ocorre todo ano em 29 de abril. A professora da Nova Acrópole, Kelem Ferreira de Assis Alves, que também tem formação em dança, ministrou a palestra on-line “História da dança” e, junto à ela, a parte prática.

Dada a importância sobre a arte da dança como elemento que contribui para o desenvolvimento humano e cultural, foi criado em 1982 pelo Comitê Internacional da Dança (CID) da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), o Dia da Dança, escolhido em homenagem a data de nascimento de Jean-Georges Noverre (1727-1810), um mestre do balé francês.

A atividade então foi dividida em duas partes, uma teórica, em que se promoveu um contato geral com a história da dança e sua importância no contexto humano, e outra prática, em que a professora explicou que o intuito da oficina não seria o de formar dançarinos, mas sim trazer reflexões filosóficas e históricas através da dança, do qual os participantes puderam aprender movimentos de danças renascentistas tradicionais, como a Pavana. Em um momento descontraído, puderam aprender em casa os movimentos e benefícios que a dança pode trazer ao desenvolvimento humano.

“Adorei a aula, fica claro que a dança está presente em todos os momentos, desde o início. A prática também foi boa no sentido de ter maior consciência sobre os movimentos. Tudo tem sua razão de ser”, relata Marcelo Martins Correa, participante da oficina.

A aluna de Nova Acrópole, Amanda Piancastelli, que também estava presente na atividade, contou como se sentiu surpreendida positivamente pela oficina. “Fui sem saber o que esperar de uma oficina de dança virtual e me surpreendi. Gostei muito da parte teórica, pois achei muito tocante no que se refere à dança como purificação em muitas civilizações. Me senti muito comovida e também me fez refletir sobre o ritmo da vida, em que ela não deixa de ser uma dança e que precisamos aprender a fluir.”

Fica o ensinamento de que temos sempre uma oportunidade de nos conhecermos melhor e nos qualificarmos, inclusive através do movimento da arte da dança.

Dia Internacional da Dança foi comemorado com palestra e oficina

Tags: Oficina | Palestra