Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

A Filosofia dos Super-Heróis

A Filosofia dos Super-Heróis

Rio de Janeiro - Região Oceânica

Categoria:

No dia 25 de janeiro de 2020 (sábado) foi realizada uma aula do programa JANOS – filosofia para jovens de 13 a 17 anos – com o tema “A Filosofia dos Super-Heróis”.

O professor Heleir Sanches falou sobre a importância das referências morais na formação do caráter dos jovens que, assim como nas grandes civilizações, transmitiam histórias heroicas de forma oral ou escrita, de modo a inspirar a juventude a encarar e vencer os desafios da vida. Com esta ideia, grandes poemas épicos foram escritos. Encontramos o Ramayana na Índia, a saga de Gilgamesh na Babilônia, a Ilíada na Grécia e a Enéada em Roma, entre outros. Em nossa época, os quadrinhos do início do século XX desempenharam este papel, apresentando as aventuras dos super-heróis, homens e mulheres com poderes ou habilidades extraordinários, que utilizam de seus dons para combater o crime, lutam contra vilões e monstros deste ou de outros mundos… Na aula, professor destacou o fato de que não são os superpoderes que fazem os homens serem super-heróis, já que muitos vilões também o têm, o que os definem como heróis é o modo como utilizam esses poderes, pois o fazem sempre de maneira altruísta e generosa, pensando antes no bem de todos em vez deles mesmos.

Foi apresentado a história das origens dos mais populares super-heróis: Superman, Batman, Mulher Maravilha, Capitão América, Thor e Homem-Aranha; seus poderes, habilidades e virtudes, tais como: senso de justiça do Superman, a coragem do Batman, o amor da Mulher Maravilha e a responsabilidade do Homen-Aranha, virtudes essas que são capazes de transformar um homem comum em um verdadeiro super-herói.

Após a aula, o professor Heleir realizou um dialogo com os jovens, onde cada um fazia girar uma roleta com os nomes dos personagens, e era sorteado uma frase dita pelo respectivo herói em uma de suas histórias, como, por exemplo, a do Homem-Aranha: “Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”.

Tags: Diálogos | Roleta das virtudes