Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

Projeto Clio – Higienização da escultura do Padre José de Anchieta

Nova Acrópole / Projeto Clio – Higienização da escultura do Padre José de Anchieta
Projeto Clio – Higienização da escultura do Padre José de Anchieta

Santos

Categoria:

A Organização Nova Acrópole – Santos, em parceria com a Secretaria de Cultura da Prefeitura de Santos, deu sequência ao projeto de limpeza de 122 monumentos a céu aberto da cidade, espalhados pelas praças e jardins da orla de Santos.

No dia 7 de junho, às 9h, aconteceu a quarta ação de limpeza do Projeto Clio na escultura do Padre José de Anchieta, na Praça Vereador Luiz La Escala, ponta da Praia (Praça do Aquário). A escultura é de Caetano Fraccaroli e é uma composição de 4 estátuas, sendo o Padre Anchieta, com 2,50 m de altura, o índio, com 1,10m, o jaguar com 0,80m em bronze e a cruz com 6 metros em metal com base em granito. Também foram distribuídas revistas ‘Esfinge’ com artigos de filosofia.

Padre Anchieta nasceu em 19 de março de 1534, em Tenerife, Espanha. É considerado o primeiro humanista das Américas e o primeiro poeta, dramaturgo e vulto da literatura no Brasil. Ao longo de sua vida converteu índios, escreveu a primeira gramática tupi-guarani, contribuiu para a expulsão dos franceses, coordenou o trabalho jesuíta no País e foi historiador da fundação de São Paulo e Rio de Janeiro. Morreu em 09 de julho de 1597 e foi beatificado pelo papa João Paulo II em junho de 1980.

O objetivo do Projeto Clio é valorizar e preservar a memória histórica da cidade e do Brasil, representada pelos personagens exaltados nos monumentos. Ajudar a mantê-los belos e limpos é a contribuição voluntária e cívica que Nova Acrópole pretende dar em aval à relevância destas obras, além de ser uma via de expressão dos alunos voluntários que sentem dentro de si a necessidade de se doar a uma causa impessoal que beneficie seu entorno.

A ação de Voluntariado filosófico: O pouco que fazemos repercute, e ajuda não só nossa cidade, mas o Universo, do qual fazemos parte. Para nós, filosófos acropolitanos, as ações partem de uma concepção ampla e profunda, e por isso é que podem se sustentar e ter continuidade.

A primeira ação aconteceu em março com a limpeza da escultura de Saturnino de Brito, a segunda em abril, com a limpeza do busto de Ariosto Guimarães e a terceira em maio, com a limpeza da escultura de Vicente de Carvalho.

Na mitologia grega, Clio é a Musa da História, filha de Zeus e da Memória ou Mnemosine. É ela quem celebra as realizações, e é avalizadora das relações cívicas e políticas travadas entre nações.

Tags: Ação Social