Bem vindo(a)! Você pode filtrar informações específicas da sede mais próxima de você, através da caixa à direita:

Aprendendo a Viver

Nova Acrópole / Livros recomendados / Aprendendo a Viver
Categoria:
Aprendendo a Viver

“Se pensares bem, passamos grande parte da vida agindo mal, a maior parte sem fazer nada, ou fazendo algo diferente do que se devia fazer…

… Pensamos que a morte é coisa do futuro, mas parte dela já é coisa do passado. Qualquer tempo que já passou pertence à morte”.

Aprendendo a Viver

 

Nestas 29 cartas enviadas ao amigo Lucílio, Sêneca aborda questões que, ainda hoje, se configuram como fundamentais para se compreender a existência humana: o sofrimento, a impermanência do tempo, o envelhecer, a solidão, a vida moral, a ética no relacionamento com o próximo e com a natureza, entre outros.

De forma leve e às vezes irônica, trata destes temas citando exemplos comuns da vida à época, sempre ressaltando a importância de se desenvolver uma atitude imperturbável diante das adversidades, o aproveitamento consciente do tempo e buscar sempre a sabedoria, como forma de transcender os desafios inerentes à condição humana.

 

Sobre o autor:

Aprendendo a Viver

Lúcio Anneo Sêneca (4 a.C. - 65 d.C.), filósofo, dramaturgo e escritor, nasceu em Córdoba, na Espanha, na época uma província do Império Romano. Em Roma, estudou literatura, retórica e filosofia estoica. Tornou-se advogado e senador, tutor e conselheiro do imperador Nero. No ano de 65, acusado de participar de uma conspiração para matar o imperador, foi condenado ao suicídio.

 


Se alguma das imagens usadas neste artigo violar direitos autorais, favor entrar em contato conosco.