VÍDEO: Ponto de Mutação

“Tudo muda o tempo todo no mundo”, já dizia Lulu Santos. Mas será que as mudanças são sempre atos voluntários? Mudam em direção a que? E por quê? Através da Filosofia Chinesa, podemos nos aproximar destas ideias atemporais com mais propriedade, entendendo que são leis simples em combinações elaborada as que moldam o Destino e a Evolução.

Autor: Fabiano Camilo – Voluntário de Nova Acrópole