Estrutura

Nova Acrópole é uma organização internacional sem fins lucrativos.

Está inscrita no Registro Internacional de Associações do Reino da Bélgica (verMoniteur No. 48 de 9 de março de 1990, página 4.489).

Sua estrutura garante respeito à diversidade, autonomia e iniciativa de cada um de seus integrantes.

Seu funcionamento permite que sua ação seja desenvolvida com total independência de interesses políticos, religiosos ou financeiros.

Cada associação-membro é responsável perante as autoridades do seu próprio país e cumpre os regulamentos internacionais sobre associações.

De acordo com seus estatutos, a Assembleia Geral da Organização Internacional Nova Acrópole é composta por um representante de cada uma das associações federadas.

Entre os membros mais qualificados são eleitos os integrantes da Junta Diretiva, que se renova periodicamente e é responsável pela coordenação e implementação das resoluções aprovadas em cada reunião anual da Assembleia. Desde 2020, a presidência da Organização Internacional está a cargo de Carlos Adelantado Punchal.

Atualmente, Nova Acrópole está presente em 60 países nos cinco continentes.

Estrutura

Financiamento

Nova Acrópole desenvolve uma economia descentralizada, com auditorias periódicas, e baseia sua receita econômica e sustentabilidade financeira em quatro pilares:

  • Cursos de formação e venda de produtos culturais, elaborados em nossas sedes;
  • Todos os sócios contribuem com uma taxa mensal, que lhes permite participar em todas as atividades da sede e ter acesso à rede internacional de centros culturais da OINA;
  • O apoio de voluntários, juntamente com um pequeno número de funcionários administrativos eficientes;
  • O apoio e patrocínio de empresas privadas e outras instituições.

Essas receitas são usadas exclusivamente para projetos, bem como para a manutenção das instalações, suprimentos e publicidade.

Financiamento