Instituições são beneficiadas por campanha promovida pela Nova Acrópole de material escolar e ração para animais

Por Paraná - Curitiba

A sede Curitiba da Organização Internacional Nova Acrópole promoveu nos meses de janeiro e fevereiro de 2022 uma ação dupla de arrecadação onde o objetivo foi o de reunir materiais escolares e rações para cães e gatos, totalizando 36 kits escolares, 50 kg de ração para gatos e 150 kg de ração para cães.

Os kits escolares foram doados para crianças da comunidade Portelinha em Curitiba, parceria que se iniciou no ano de 2021 e desde então a Nova Acrópole vem aportando e confirmando que pequenas ações impactam positivamente todo o entorno, tanto da comunidade, quanto da equipe de voluntariado.

Ao entregar os kits na Associação de Moradores, os voluntários foram surpreendidos com mochilas confeccionadas na própria comunidade. O líder comunitário Arildo (Dida) explicou: “Recebemos a encomenda em forma de doação das mochilas escolares e fabricamos na comunidade, assim, conseguimos também gerar renda dentro da própria comunidade”.

O voluntário Milton Hartmann que acompanhou a entrega comentou: “Percebe-se que as pessoas não estão aguardando por ações assistencialistas, mas sim respondendo por oportunidades, se organizando como sociedade e buscando por dignidade e união”.

A entrega das rações para gatos ocorreu na instituição Beco da Esperança em Curitiba. Essa associação abriga cerca de 500 gatos, em sua maioria, animais que foram resgatados das ruas e necessitam de cuidados veterinários. Neste abrigo os voluntários foram recebidos pela Sra. Rosi que apresentou o espaço, agradecendo a doação.

Para os cães, as doações foram destinadas à instituição Amigo Animal, onde os voluntários foram recebidos pela Patrícia, que ficou surpresa com a atitude: “Vocês não vieram doar cães ou gatos? Vieram doar ração? É isso mesmo!?”. O ato caridoso dos alunos da Nova Acrópole foi recebido com emoção e a Patrícia relatou a dificuldade em manter o trabalho com os cães, em especial comentou sobre a atitude de algumas pessoas que adotam um cãozinho e depois de alguns meses retornam para devolvê-lo. “Essa é uma atitude compreensível pelo lado racional, já que algumas pessoas perdem renda ou tem que mudar para espaços menores, mas não consigo entender o que fazem com o amor produzido nessa relação. Além do mais, devolvem os cães adultos, o que dificulta novas adoções”.

A experiência de que juntos podemos fazer mais foi assimilada por todos que participaram desta ação.

Nesta proposta, a Nova Acrópole Curitiba mantém um calendário mensal de ações, que envolve dezenas de voluntários que somam e dão sentido para este trabalho, no qual as doações vão além de recursos materiais, e visam possibilitar a existência de um espaço não apenas físico, onde o ser humano possa expressar o seu melhor. Nesse sentido vale ressaltar a reflexão das voluntárias Daniele e Rafaela que foram unânimes em relatar que, “nessas ações tem o resgate da esperança na humanidade”.

As ações cumprem com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para a agenda 2030, propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU), mais especificamente com o ODS #1 que trata da erradicação da pobreza e ODS #3 que trata de saúde e bem-estar.