Interações artísticas com idosos marcam ações de voluntariado em Divinópolis

Por Minas Gerais - Divinópolis

Voluntários da Nova Acrópole Divinópolis apoiaram o Lar dos Idosos com atividades artísticas, doações de roupas, fraldas geriátricas e com o projeto de revitalização dos jardins. A ação ocorreu nos meses de agosto e setembro de 2022.

A parceria com o Lar dos Idosos – Obras Assistenciais Nossa Senhora Aparecida, iniciada em dezembro de 2021, gerou o Projeto Valores Humanos, que tem o intuito de despertar a alegria, a beleza, a convivência e a generosidade através do contato pessoal com os idosos e a revitalização de áreas verdes. O Lar abriga cerca de 50 idosos.

No sábado, dia 20 de agosto, a interação musical ficou a cargo do voluntário Rozendo Alves e seu violão. Uma roda se formou ao seu redor e a cada minuto atraia mais idosos para ouvir músicas mineiras e compartilhar histórias, enquanto outros voluntários faziam a limpeza no ambiente em que estavam.

Já no sábado, dia 17 de setembro, a palhaça Amora, interpretada por Bruna Costa, distribuiu entre os idosos e funcionários da casa, “bombons virtuosos” – bombons com frases filosóficas -, enquanto outros voluntários atuavam na área destinada à horta.

“O contato é o mais importante. Eles gostam do lúdico e a conexão com eles foi especial. Ter a oportunidade de dedicar um tempo para dar atenção, escutar e arrancar um sorriso singelo dos senhores e senhoras que moram no Lar é renovador, pois vejo na prática a capacidade que a generosidade tem de contagiar e unir as pessoas”, comenta Bruna.

Os trabalhos continuam e a equipe de voluntários espera crescer e poder cada vez mais conviver e dispor de um tempo de qualidade com os idosos e ao mesmo tempo revitalizar e embelezar os espaços verdes do local.

As ações de voluntariado promovidas pela Organização Internacional Nova Acrópole seguem uma proposta de experiência e vivência prática dos valores humanos. Nesse exercício, os participantes voluntários prestam uma assistência social, ambiental e humana à cidade e toda a população, além de terem a oportunidade de mais uma ferramenta para o autodesenvolvimento.

A atividade também vai ao encontro da criação de ações dentro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU), e esta tem como proposta o ODS #3 de Saúde e bem-estar em todas as idades.