Dia Internacional da Mãe Terra é celebrado com proposta de gestão de resíduos

Por Rio Grande do Sul - São Leopoldo

A sede de São Leopoldo da Organização Internacional Nova Acrópole realizou no sábado, 23 de abril, ações para celebrar o Dia Mundial da Mãe Terra.

Reconhecida pela ONU em 2009, a data é comemorada em vários países do mundo onde Nova Acrópole possui sede. Este movimento global estimula o repensar a relação com o nosso planeta, com os seres que aqui habitam e nossa responsabilidade na construção de um futuro mais sustentável.

Em São Leopoldo os voluntários acropolitanos iniciaram as atividades com a limpeza do pátio da escola, com o objetivo de criar um espaço para reciclagem do lixo gerado.

Na oportunidade, o estudante Luciano Marques falou sobre a importância da gestão de resíduos e sua destinação adequada.

Os participantes da ação também dialogaram sobre a implantação de uma composteira.

A segunda etapa das atividades foi concentrada na limpeza e preparação da terra dos canteiros localizados na frente da escola e na plantação de mudas de alfazema e iresine.

E para que o significado das ações chegasse a mais pessoas, os estudantes dialogaram com as pessoas que por ali passaram e distribuíram mudas de hortelã, capim cidreira, salsinha e manjericão.

As atividades realizadas no sábado apoiam e cumprem com dois dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para a agenda 2030, propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU). São eles: o ODS #3 de Saúde e Bem-Estar, que visa assegurar uma vida saudável, além de promover o bem-estar de todos, e o ODS #15 sobre a Vida Terrestre, que visa proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da Terra e deter a perda da biodiversidade.