Captando a luz do sol

25 de julho de 2011 - 18:06
Por Nova Acrópole

Cientistas australianos predisseram que dentro de sete anos se fará realidade uma nova e revolucionária maneira de captar a força do Sol para extrair energia limpa e quase ilimitada da água, utilizando cerâmicas especiais de óxido de titânio, que coletam a luz do Sol e processam a água para produzir combustível de hidrogênio. Sua produção em grande escala depende da construção de um dispositivo coletor de energia sem partes móveis e que não emita gases tóxicos nem agentes contaminantes, uma simples operação de engenharia. A seleção do titânio como matéria-prima do invento responde às excelências desse metal, que é 40% mais rápido que o aço e tem excelentes propriedades semicondutoras, bem como com uma resistência única à corrosão da água.