Uma “ferramenta” no mar

25 de julho de 2011 - 19:38
Por Nova Acrópole

Com o nome de peixe-martelo conhecemos nove espécies de tubarões que vivem nos mares tropicais e temperados. O tubarão martelo é um animal muito estranho. É o cúmulo da manobrabilidade. Pode arremeter contra uma moeda ou contra um mergulhador, de forma que, visto que é mais provável que você seja um mergulhador do que uma moeda, se ele enfrentar um deles, o melhor é deixá-lo tranqüilo.

A musculatura que une sua excêntrica cabeça ao seu corpo é muito delicada. Algumas grandes extensões laterais niveladas lhe dão uma força hidrodinâmica ascensional que lhe permite girar com mais rapidez que outros tubarões. Pode modificar ligeiramente a forma da cabeça e incliná-la, com o que ascende como se fosse um biplano e adquire uma tremenda capacidade de manobra. Seus olhos e orifícios nasais, por se encontrarem em ambos os extremos da cabeça, aumentam sua capacidade para detectar e perseguir suas presas. Vemos que é um animal pensado para ganhar amigos.

Esmeralda Merino